Como consertar placa mãe?

Como consertar placa mãe?

Uma pergunta simples, mas que ainda deixa muito técnico perdido.

Pra realizar um conserto de uma placa você tem duas opções:

Primeiro, tentar através da internet encontrar defeitos de série ou casos parecidos com o que você ta precisando resolver.

Ou a opção que mais tem resultado, entender como funcionam os circuitos de uma placa mãe e assim conseguir consertar qualquer defeito rapidamente.

Quando desmontei meu primeiro notebook, lembro que estava com receio, e era apenas a troca de uma tela o serviço.

Talvez isso seja algo simples pra você, mas pra quem ta começando, uma coisa “simples” pode ser complicado de fazer.

Porque te falei isso?

Se você ainda não repara placa mãe de notebook, se não sabe pra onde ir ao abrir um esquema elétrico, se perde até mesmo pra testar um botão de power.

É porque ainda não entendeu o que você precisa saber pra reparar uma placa mãe.

E eu te garanto que isso pode ser mais simples do que imagina.

Interpretação de sintomas (possíveis problemas na placa mãe)

Como consertar placa mãe
Como consertar placa mãe

Antes de iniciar qualquer tentativa de diagnóstico, você precisa ter em mente qual o sintoma da placa mãe e qual direção de análise deve seguir baseado naquele sintoma.

Pra você ter uma ideia da importância disso, pelo menos 60% dos defeitos que aparecem pra um técnico de notebooks, é possível diagnosticar apenas com o sintoma.

Os principais sintomas e como analisa-los:

Notebook não liga (sem sinal de leds)

  • Analise as alimentações básicas (carregador e conector JACK);
  • Analise o Circuito Primário (Tensões Primárias).

Notebook liga e não dá vídeo

  • Teste memória e processador (geralmente são os culpados nesse sintoma);
  • Verifique se tem todas as tensões nas bobinas. Se sim, regrave a BIOS.

Notebook pisca o led e desliga

  • Tente desconectar tudo da placa mãe, um simples drive de DVD em curto pode causar esse sintoma;
  • Verifique todas as tensões secundárias. Dê preferência aos mosfets transferidores de tensão (Ex: 3VALW pra 3VS).

Como consertar placa mãe de notebook que não liga (sem sinal de LEDs)?

Como consertar placa mãe
Como consertar placa mãe | Fonte: https://i.ytimg.com/

Pra um notebook ligar, ele precisa de algumas tensões principais que são conhecidas como tensões primárias, são elas:

  • Tensão do carregador (19V);
  • Tensão primária de 3VALW (medida através da bobina);
  • Tensão primária de 5VALW (medida através da bobina);
  • Tensão do botão de power (3V);
  • Tensão de alimentação do Super I/O (3V);
  • Tensão de alimentação do CI BIOS (3V no terminal 8).

As 3 primeiras da lista são as que vão alimentar todos os outros circuitos da placa mãe, inclusive o botão de power, super I/O e BIOS.

Essas são basicamente as tensões que você precisa procurar na placa mãe de um notebook que não está ligando.

Depois de verificado as alimentações básicas (carregador e jack da placa mãe), você vai começar a analisar o circuito primário, responsável pelas alimentações das fontes chaveadas de 3VALW e 5VALW.

A localização dessas tensões é feita através das bobinas com o auxílio do esquema elétrico.

Se uma delas não for encontrada, você deve medir se existe curto na linha usando o multímetro.

Se não houver curto, comece a analisar o CI PWM Primário, que é o componente responsável por fazer nascer essas tensões lá nas bobinas.

Como testar o CI PWM Primário?

Como consertar placa mãe
Como testar o CI PWM Primário?

Entender como funciona esse componente é o mesmo que entender como funciona a placa mãe de um notebook e com esse conhecimento você conseguirá reparar qualquer laptop.

Pois todas as principais tensões da placa nascem de uma fonte chaveada.

E uma fonte chaveada é formada basicamente pelos seguintes componentes: CI PWM, mosfet de alta e mosfet de baixa, capacitor de filtro.

Pra analisar o CI PWM Primário coloque o multímetro na escala de DC20V:

  1. Veja se tem a alimentação principal (terminal VIN) que é a tensão de alta (19V);
  2. Veja se tem as tensões dos reguladores internos (terminais VREG3=3V e VREG5=5V);
  3. Os pulsos de habilitação (terminal ENTRIP, EN ou terminal ON=3V);
  4. Tensão de referência do funcionamento do CI (terminal VREF=2V).

Quando as tensões de 3VALW e 5VALW não estão presentes nas bobinas, geralmente no CI PWM Primário está faltando uma das tensões desses 4 passos.

Pode acontecer também dos mosfets de alta ou de baixa ou até mesmo o capacitor de filtro estarem ruins, é necessário testá-los.

Com todos esses componentes e tensões ok, então você terá tensão nas bobinas primárias (3VALW e 5VALW).

As tensões de 3VALW e 5VALW estão ok, e agora?

As tensões primárias são as mais importantes da placa mãe, mas elas precisam chegar até alguns destinos pra placa mãe poder startar.

Depois que o CI PWM primário estiver ok, gerando as fontes de 3VALW e 5VALW, você irá verificar se tem tensão também no botão de power, no Super I/O e no CI BIOS (terminal 8).

Apesar de parecer complicado, agora ficou mais claro ainda, vejamos…

Esses 3 componentes são alimentados geralmente (em 99% dos casos) pela tensão de 3V.

Mas não a tensão da bobina (3VALW) e sim a tensão do terminal VREG3. Lembra do regulador interno do CI PWM Primário que vimos lá em cima?

Ele irá alimentar tanto botão de power, quanto super i/o e bios. Deixando assim a placa mãe pronta pra ligar.

O que você aprendeu nesse artigo?

  • Vimos as principais tensões e como elas nascem na placa;
  • Como consertar placa mãe de notebook que não liga;
  • Dicas pra notebook que liga e não dá vídeo;

Com esse conhecimento, você já conseguirá resolver qualquer placa mãe de notebook que esteja com o sintoma de não ligar (sem sinal de LEDs).

Aprender a reparar notebooks pode aumentar seu lucro e fazer você se destacar.

Por isso criei um Ebook onde ensino passo a passo, tensão por tensão que você precisa medir pra reparar qualquer placa mãe de notebook. Acesse aqui!

5 Comentários

  1. Avatar

    bom dia seu videos são ótimos ,gostaria de saber como e aonde encontrar os esquemas elétricos de Notebooks ,você poderia da uma luz kkkk . deste já obrigado

    Responder
  2. Avatar

    Estou totalmente grato pela tua humildade, honestidade e amabilidade em partilhar connosco este conhecimento que catapultara qualquer um que se esforsar. muito obrigado. Estou em angola. pode me mandar algumas dicas do ebook via email em pdf, por favor?

    Responder
    1. Almeida Júnior

      Fala José, tudo bem? Me manda uma mensagem nesse whatsapp: (88) 9.9987-8379 que vou te ajudar.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *